Presidente eleito pede união de brasileiros, publica foto de FHC em seu perfil no Twitter e recebe mimos da Tropa de Choque

Por
Da Redação

access_time

4 nov 2018, 17h38

Em mensagem pelo Twitter, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, conclamou o país à união e defendeu que “todos estamos no barco”. O texto reflete sua preocupação com a oposição ferrenha que deverá enfrentar no Congresso e na sociedade dos partidos de esquerda e de centro que não apoiaram a sua candidatura e dos cidadãos que votaram, em geral contra sua eleição.

Para colocarmos o Brasil no caminho da prosperidade é preciso compreender que todos estamos no mesmo barco, e que trabalhar para prejudicá-lo é prejudicar a si próprio. Se cada um levar consigo estes valores, certamente chegaremos em posição destaque no mundo. Conto com vocês!”, postou.

A mensagem vem seguida de uma foto do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sentado descontraidamente em uma poltrona com o livro “The Prisoner of the State” (O Prisioneiro do Estado), de Zhao Ziyang. Não há nenhum texto acompanhando a foto.

Pela manhã, o presidente eleito participou de um culto na Igreja Batista Atitude, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, acompanhado por sua mulher, Michele. Em discurso no templo, Bolsonaro disse que tem o “firme propósito de mudar a política brasileira” e que será presidente de todos”. Emocionado quando houve menção ao atentado que durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora (MG), ele disse que vai buscar atender a “todos aqueles que necessitam”.

Tietagem

Um grupo de dez agentes do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro homenageou neste domingo (4) o presidente eleito Jair Bolsonaro. Os policiais, que fazem parte da escolta presidencial, presentearam Bolsonaro com um capacete branco e a camiseta preta, que faz parte do uniforme da tropa.

Em sua casa, na Barra da Tijuca, Bolsonaro agradeceu, posou para fotografia com o grupo de policiais e fez uma confissão. “Quero um dia pilotar essa moto”, disse o presidente eleito, referindo-se aos veículos dos batedores.

De acordo com assessores, não há previsão de mais atividades na agenda do presidente eleito neste domingo. Mas ainda é possível que ele faça uma transmissão ao vivo, por meio de rede social. Pelo Twitter, o presidente eleito publicou mensagem nesta tarde em favor da união de esforços.

Os moradores do condomínio onde mora o presidente eleito Jair Bolsonaro, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e os simpatizantes que vão ao local têm recebido atenção especial. Ao sair e entrar na área, o comboio reduz a velocidade e, em algumas ocasiões, Bolsonaro desce do carro, acena e sorri.

Ao retornar no começo da tarde de hoje (4) do culto na Igreja Batista Atitude, no Recreio, na zona oeste, o comboio com carros e agentes da Polícia Federal parou. O presidente eleito desceu do automóvel em que estava, acenou e sorriu para simpatizantes que o chamavam de mito e aproveitaram para fazer selfies.

Bolsonaro se prepara para na terça-feira (6) ir a Brasília, onde ficará até o dia 8. Ele pretende se reunir com o presidente, Michel Temer, e também com os chefes do Supremo Tribunal Federal (STF), da Câmara dos Deputados e do Senado.

(Com Agência Brasil)

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here