Artista, que também atuou em novelas, lutava contra o Alzheimer havia oito anos

Por
Estadão Conteúdo

access_time

15 jan 2019, 17h47

A atriz e cantora Edyr de Castro morreu nesta terça, 15, aos 72 anos, no Rio de Janeiro. Ela lutava contra o Alzheimer havia oito anos e passou os últimos anos de sua vida no Retiro dos Artistas. Edyr teve falência múltipla dos órgãos.

Edyr ficou conhecida como uma das integrantes das Frenéticas, grupo vocal feminino que fez sucesso nos anos 1970 e 1980 e lançou hits como Perigosa, Dancing Days, As Frenéticas, entre outras.

A artista também atuou em novelas da Globo, como Tenda dos Milagres, Roque Santeiro, Cambalacho, Cabocla, entre outras produções. Na Record, fez seus últimos trabalhos, Amor e Intrigas, de 2007, e Poder Paralelo, de 2009.

Foi casada com compositor Zé Rodrix, morto em 2009, com quem teve um filho, Joy Rodrigues.



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here