Atacante brasileiro distribuiu dribles, sofreu faltas duríssimas e deixou o campo machucado na vitória do PSG sobre o Strasbourg pela Copa da França

Por
Da redação

access_time

24 jan 2019, 10h55 – Publicado em 24 jan 2019, 10h40

Neymar foi o destaque da vitória do Paris Saint-Germain contra o Strasbourg por 2 a 0 na quarta-feira 23, pela Copa da França, mas sentiu uma lesão no quinto metatarso do pé direito, a mesma que o deixou de fora por mais de três meses em 2018, antes da Copa do Mundo. O atacante brasileiro deu show de habilidade, sofreu diversas faltas e, no fim, recebeu provocações de um jogador rival.

O brasileiro deixou o jogo no começo do segundo tempo, com uma lesão no pé direito, adquirida depois de dividida com um jogador adversário. Após a partida, ainda sem saber a gravidade da lesão, o meia francês Anthony Gonçalves provocou Neymar em entrevista coletiva.

“Quando você joga assim, não pode reclamar se sofre pancadas. Ele é um ótimo jogador, o respeito. Ele pode se divertir, mas nós não somos seu brinquedo, não estamos aqui para nos divertir e respondemos com nossas armas”, disse o meia ao canal Eurosport.

O técnico do Strasbourg, Thierry Laurey, também reprovou a forma de Neymar jogar. “É um gênio, mas há momentos em que, se você ultrapassa os limites, tem de assumir. Eu não pedi aos meus jogadores para dar pancadas, mas podemos entender que eles ficaram cansados de ver alguém os insultando.”

Em uma de suas jogadas de efeito, Neymar foi duramente perseguido por Moataz Zemzemi e, depois de sofrer uma falta, aplicou uma carretilha no adversário.

Em outro lance, ele replicou o chamado “chute no ar”, popularizado no Brasil pelo meia chileno Jorge Valdivia, ex-jogador do Palmeiras. O lance irritou Anthony Gonçalves, que o parou com falta na sequência.

Horas depois da partida, o PSG divulgou uma nota oficial afirmando que a lesão de Neymar foi novamente no quinto metatarso do pé direito e ainda não definiu a gravidade ou o tempo tempo de recuperação da lesão.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here