Rapper foi preso no começo da semana em Paris depois que uma jovem afirmou ter sido abusada sexualmente por ele e mais dois homens

Por
Redação

access_time

24 jan 2019, 21h35

Chris Brown entrou com processo contra a mulher que o acusou de estupro nesta semana em Paris, o que levou à prisão do rapper, segundo o site da revista The Hollywood Reporter. A defesa do cantor afirma que a denúncia da mulher foi “caluniosa”.

A jovem de 24 anos que acusou Brown de estupro, identificada apenas como Karima, afirmou ao tabloide francês Closer em 22 de janeiro que o cantor, seu segurança e um outro homem a estupraram em um quarto de hotel alguns dias antes. Ela disse ter ficado traumatizada e, por isso, só ter procurado a polícia dois dias depois do ocorrido.

A polícia parisiense prendeu o rapper no começo da semana, liberando-o menos de 24 horas depois sem acusação formal. Apesar disso, a investigação continua em curso. O advogado de Brown afirmou que ele foi autorizado a deixar a França e vai cooperar com a polícia durante a investigação.

Brown enfrenta problemas com a polícia desde 2009, quando foi acusado de agressão por Rihanna, sua então namorada. Ele foi condenado a prestar serviço comunitário e ficou em liberdade condicional por cinco anos.

Mesmo assim, o cantor não se manteve na linha e foi preso outras vezes nos anos seguintes. A última delas, antes da prisão mais recente em Paris, aconteceu em julho de 2018, após ser acusado de agredir um fotógrafo que tinha feito uma foto sua sem permissão. Em maio do mesmo ano, Brownr foi processado por incentivar o estupro de uma mulher durante uma festa em sua casa.



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here