Deputado federal reeleito, Jean Wyllys desistiu de assumir o mandato. A justificativa, dada pelas redes sociais aos eleitores, são as ameaças que têm sofrido. Para se proteger, ele vai morar fora do Brasil. “Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores”, afirmou o deputado. Em entrevista à Folha de S. Paulo, Wyllys disse que o ambiente não é mais seguro, ao citar Jair Bolsonaro como presidente. Quem assume o espaço na Câmara de Deputados é David Miranda, também do PSOL.

 

Giro Veja também destaca a decisão do presidente interino General Mourão de assinar um decreto que muda as regras de Lei de Acesso à Informação. A decisão aumenta o número de pessoas que podem classificar documentos como “secreto” ou “ultrassecreto”. Isso pode ser visto como prejuízo para a lei porque todos os documentos do Governo Federal devem ser públicos e o sigilo é a exceção. A GNU nega qualquer prejuízo à Transparência, uma vez que essa possibilidade já estava prevista, mas nunca foi colocada em prática pelos governos anteriores.

 

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here