Bola de neve

Por
Mauricio Lima

access_time

26 jan 2019, 10h00

A rachadinha, quando um deputado fica com uma parte dos salários dos funcionários, não é a única hipótese ilegal para os depósitos nas contas de Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro. O MP do Rio trabalha com origens de recursos ainda menos republicanas.



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here