Preferência do governo é votar reforma da previdência o quanto antes

Por
Pedro Carvalho

access_time

12 fev 2019, 06h35

Sergio Moro e Paulo Guedes são protagonistas de uma “disputa” incomum, ao menos no Congresso. A dúvida que paira na bancada do PSL é quem é o ministro mais forte de Jair Bolsonaro. Cada um tem uma agenda própria e urgente.

Caso seja Moro, o pacote anticrime será votado antes da reforma da previdência. Se for Paulo Guedes, na cabeça dos parlamentares, a Previdência vem primeiro.

Na verdade, existem outros fatores a favor do ministro da Economia. Em primeiro lugar, a necessidade de uma resposta imediata ao mercado numa votação fundamental para trazer mais dinheiro e investimentos no país.

Em segundo, a preferência de Rodrigo Maia pela pauta econômica.



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here