O gasoduto, cuja construção começou no ano passado, é um excelente negócio financeiro para a Rússia, mas não oferece benefícios reais ao restante do continente europeu.

O chanceler norte-americano, Mike Pompeo, declarou nesta terça-feira (12) que os Estados Unidos farão tudo que for possível para frear o projeto do gasoduto Nord Stream 2, que unirá Rússia e Alemanha.

Pompeo se mostrou intransigente sobre este projeto que, segundo ele, apenas dará mais poder e capacidade de influência para Moscou sobre a Europa.

“Aliás, há um aspecto comercial nesse tipo de transação, mas também há um enorme risco de segurança”, afirmou o chanceler, segundo a revista ISTOÉ.

“Eu acho que o presidente Trump tem sido muito claro no sentido de que os Estados Unidos farão tudo ao seu alcance para garantir que a segurança europeia seja protegida em termos energéticos”, acrescentou Pompeo.

O governo da Ucrânia também vem criticando a construção do gasoduto Nord Stream 2. Lituânia, Letônia e Polônia também se expressaram contra a construção, conforme noticiou a RENOVA.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here