Manifestantes contrários ao ditador Nicolás Maduro atacaram uma base do Exército da Venezuela na fronteira com Roraima, no município de Pacaraima, por volta das 18 horas deste sábado (23).

O coronel do Exército Brasileiro, José Jacaúna, comandante da Operação Acolhida, afirma que membros da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) dispararam contra manifestantes em território brasileiro.

Manifestantes lançaram coquetéis molotov contra base do Exército da Venezuela na fronteira com o Brasil, em Pacaraima, no estado de Roraima, por volta das 18h20 deste sábado (23).

Os militares da Venezuela reagiram com bombas de gás lacrimogêneo, atirando pedras e, segundo o representante do Exército brasileiro, coronel José Jacaúna, tiros reais foram disparados.

“Foi um episódio lamentável. Eu nunca tinha visto nenhum exército de outro país jogar bomba de gás lacrimogêneo dentro do Brasil. Vi soldados desta Guarda Nacional Bolivariana (GNB) disparando tiro real aqui do nosso lado”, declarou Jacaúna.

Confira a reportagem abaixo transmitida pelo jornal Globo News minutos atrás.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here