Até agora, 13 manifestantes foram socorridos em Roraima, mas somente oito estão internados em Boa Vista.

Até este sábado (23), hospitais de Roraima já receberam 13 venezuelanos feridos depois do fechamento da fronteira com o Brasil por ordem do ditador Nicolás Maduro.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), oito feridos ainda estão internados na capital Boa Vista. Os demais receberam alta e foram liberados.

Entre todos os feridos atendidos, nove são indígenas vítimas do confronto com militares em Kumarakapay. Nesta sexta-feira (22), o ataque das forças de Maduro deixou dois indígenas mortos, como noticiou a RENOVA.

Os outros quatro ainda não sabemos oficialmente em que circunstanciadas foram machucados. No entanto, com as últimas informações de confrontos na cidade de Santa Elena de Uairén, no estado de Bolívar, localizada a 15 km da fronteira com o município brasileiro de Pacaraima, é muito provável que mais feridos estejam a caminho.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here