Jhonata Ventura foi quem apresentou o quadro mais grave desde o início, com mais de 30% do corpo queimado

Por
Estadão Conteúdo

access_time

24 fev 2019, 19h25

Sobrevivente do incêndio no centro de treinamento do Flamengo, o jovem Jhonata Ventura apresenta boa evolução clínica, de acordo com o boletim médico divulgado neste domingo. O atleta de 16 anos já apresenta a face e o braço esquerdo quase todos cicatrizados e “demais regiões com bom aspecto”.

“O menino permanece fazendo uso de antibiótico e foi feito novo banho com troca dos curativos biológicos. O paciente apresenta face e braço esquerdo quase todos cicatrizados e demais regiões com bom aspecto”, informaram os médicos do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Municipal Pedro II, no Rio de Janeiro.

Jhonata Ventura mantém “quadro estável” e continua andando normalmente pelo quarto, em sinal de boa recuperação física. O boletim, contudo, informa que a mão direita, que sofreu os maiores danos no incêndio, com queimaduras de terceiro grau e infecção, ainda apresenta cicatrização mais lenta.

Dos três sobreviventes do incêndio, Jhonata Ventura foi quem apresentou o quadro mais grave desde o início, com mais de 30% do corpo queimado no incêndio que atingiu os contêineres onde estava alojada a base do Flamengo. O episódio trágico aconteceu no dia 8 e causou a morte de dez jovens atletas do clube carioca.

Os outros dois sobreviventes já tiveram alta, ambos na semana passada. Cauan Emanuel e Francisco Dyogo estavam internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, no Rio. Com as lesões mais leve, Cauan foi o primeiro a ser liberado. Francisco deixou o hospital uma semana depois do incêndio.



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here