Depois de um fim de semana violento, a ajuda humanitária destinada à Venezuela, continua parada na fronteira com a Colômbia e com o Brasil. Países do Grupo de Lima se reuniram nesta segunda-feira, em Bogotá, para discutir a crise venezuela. A reunião contou com a presença do vice-presidente dos Estados Unidos Mike Pence e do autoproclamado presidente interino da Venezuela e líder da oposição Juan Guaidó. O Brasil foi representado pelo general Hamilton Mourão que defendeu, em seu discurso, a realização de novas eleições na Venezuela e descartou, mais uma vez, a possibilidade de uma intervenção militar no país vizinho. Já Mike Pence foi mais enfático. O vice americano anunciou novas sanções ao regime de Nicolás Maduro e ameaçou os militares que continuam a apoiar o ditador. Também deixou claro que, qualquer ação militar contra os países na vizinhança, principalmente contra a Colômbia, será motivo para ações mais duras nas terras venezuelanas.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here