Marco Ruben, Tomás Andrade, Renan Lodi e Bruno Guimarães marcaram os gols da primeira vitória do time paranaense na competição continental

Por
Estadão Conteúdo

access_time

14 mar 2019, 23h39

A primeira vitória do Athletico-PR na Copa Libertadores de 2019 teve um sotaque gringo. Com gols dos argentinos Marco Ruben e Tomás Andrade – Renan Lodi e Bruno Guimarães completaram -, o time paranaense goleou o Jorge Wilstermann por 4 a 0, na noite desta quinta-feira, na Arena da Baixada, pela segunda rodada da fase de grupos.

Após se reabilitar da derrota na estreia para o Tolima por 1 a 0, o Athletico-PR chegou aos mesmos três pontos do clube colombiano, mas assumiu a vice-liderança do Grupo G por causa do saldo de gols (3 contra -2). Na lanterna, o Jorge Wilstermann tem apenas um ponto somado.

Apesar da Arena da Baixada receber um público mediano, o Athletico-PR começou em cima do visitante e obrigou o goleiro Arnaldo Giménez trabalhar em chutes de Bruno Guimarães e Renan Lodi. O gol rubro-negro era questão de tempo e ele saiu aos 31 minutos.

Rony finalizou cruzado para dentro da área, a bola desviou em Marco Ruben e entrou. O gol foi dado para o atacante argentino. Aos 36, a bola na trave de Santos após chute de Chávez acabou originando o segundo gol do Athletico-PR. Tomás Andrade desceu em velocidade e bateu sem chances para Giménez.

O panorama do jogo não mudou após o intervalo e Rony exigiu defesa do goleiro em chute forte logo aos dois minutos. Na sequência, Renan Lodi recebeu de Camacho, invadiu a área e bateu da saída de Giménez para fazer o terceiro do Athletico-PR.

O time paranaense ainda acertou a trave com Marco Ruben, mas depois diminuiu o ritmo. Aos 29, Renan Lodi tocou e Tomás Andrade finalizou por cima. Em uma das únicas chegadas do Jorge Wilstermann, Serginho aproveitou troca de passes e chutou para defesa do goleiro Santos. Depois, Alex Silva perdeu uma chance incrível quase em cima da linha.

Quando alguns torcedores já deixavam a Arena, o Athletico-PR ainda marcou o quarto gol. Aos 42 minutos, Bruno Guimarães aproveitou cruzamento da direita e só completou para as redes.

Os dois times voltam a campo pela terceira rodada da Libertadores apenas no início de abril. No dia 2, o Athletico-PR recebe o Boca Juniors, às 21h30, na Arena da Baixada, enquanto o Jorge Wilstermann vai até a Colômbia enfrentar o Tolima, no dia seguinte, em Ibagué.

Mais resultados

Em outro jogo da Libertadores na noite desta quinta-feira, o Peñarol goleou o San Jose por 4 a 0, no Uruguai, pelo Grupo D, o mesmo do Flamengo. Foi o primeiro triunfo do time uruguaio na chave, somando agora três pontos. Ocupa o segundo posto. A LDU, com a mesma pontuação, aparece em terceiro lugar. O time carioca lidera, com seis pontos e aproveitamento de 100% até agora.

FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 4 x 0 JORGE WILSTERMANN

ATHLETICO-PR – Santos; Jonathan (Wellington), Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho, Bruno Guimarães e Tomás Andrade; Nikão, Rony (Marcelo Cirino) e Marco Ruben (Braian Romero). Técnico: Tiago Nunes.

JORGE WILSTERMANN – Arnaldo Giménez; Meleán, Alex Silva, Zenteno e Aponte; Saucedo (Villarroel), Jorge Ortiz e Cristian Chávez; Lucas Gaúcho (Carlos Melgar), Serginho e José Núñez (Gilbert Álvarez). Técnico: Miguel Ángel Portugal.

GOLS – Marco Ruben, aos 31, e Tomás Andrade, aos 36 minutos do primeiro tempo. Renan Lodi, aos 4, e Bruno Guimarães, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Alex Silva, Meleán, Cristian Chávez, Serginho e Aponte (Jorge Wilstermann); Rony (Athletico-PR).

ÁRBITRO – Carlos Orbe (Equador).

RENDA – R$ 270.035,00.

PÚBLICO – 16.331 pagantes (17.323 no total).

LOCAL – Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here