Cinemark é uma das três maiores redes de cinema do mundo. Seu parque exibidor é o maior do Brasil, presente em 45 cidades de dezoito unidades da federação de todas as regiões do país.

Lançado pela produtora Brasil Paralelo, o documentário “1964 – O Brasil Entre Armas e Livros. Sob o tema Ditadura, Regime Militar ou Revolução?” está sendo alvo de duras críticas por apresentar pontos de vistas dissonantes sobre esta conturbada época da história brasileira.

Em comunicado publicado na tarde desta segunda-feira (1º), através da rede social Twitter, a Cinemark Brasil anunciou que estava proibindo a exibição do documentário em suas salas.

“Não autorizamos em nossos complexos a divulgação de mídia partidária tampouco eventos de cunho político”, disse a empresa.

“Reforçamos que não apoiamos organizações políticas ou partidos”, completou a Cinemark no Twitter.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here