O papa Francisco disse compreender quem o critica por não agir com maior contundência contra a pedofilia na Igreja.

Apesar do reconhecimento das críticas, o chefe do Vaticano defendeu ter iniciado um “processo de cura” que levará “seu tempo”.

Em uma entrevista transmitida neste domingo (31), o papa Francisco foi questionado sobre os resultados da cúpula organizada pelo Vaticano para combater a pedofilia:

“Entendo eles, porque às vezes você busca resultados que sejam fatos concretos, no momento.”

O pontífice acrescentou:

“Se eu tivesse enforcado cem padres na praça de São Pedro, diriam: ‘Que bom, há um fato concreto!’. Teria ocupado espaço, mas meu interesse não é ocupar espaço, mas iniciar processos de cura.”

E, segundo a AFP, completou:

“As coisas concretas na cúpula foram iniciar processos, e isso leva seu tempo.”

Francisco reconheceu que durante muito tempo a tendência na Igreja foi esconder estes casos, o que facilitou sua propagação.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here