Texto do deputado Altair Morais, do PRB, prevê que sexo biológico seja único definidor dos gêneros dos atletas.

A proibição da inscrição de atletas transexuais em competições oficiais em São Paulo está prevista em projeto de Lei publicado no Diário Oficial nesta terça-feira (2).

O texto, que é de autoria do deputado estadual Altair Morais, do PRB, diz que as equipes deverão seguir apenas o sexo biológico como definidor dos gêneros.

A lei, se aprovada, entraria em vigor 180 dias após a publicação. O texto vetaria, por exemplo, a participação de Tifanny, primeira transexual a disputar a Superliga Feminina, informa o Globo Esporte.

O projeto de Morais usa, inclusive, o desempenho de Tifanny na temporada passada, quando foi um dos destaques do Bauru.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here