Funcionário foi acusado pelo Ministério Público de atuar em favor de um grupo privado dentro do conselho

access_time

15 abr 2019, 15h30

O ministro da Economia substituto, Marcelo Guaranys, publicou portaria na qual cassa a aposentadoria de Lutero Fernandes de Nascimento, ex-analista tributário da Receita e que teve seu nome envolvido no escândalo do Carf.

Lutero, que trabalhou no Carf, foi acusado pelo Ministério Público de atuar em favor do Grupo Safra no conselho.

No Diário Oficial, Guaranys justifica a cassação da aposentadoria do servidor por “ato de improbidade administrativa e por valer-se do cargo para lograr proveito pessoal, ou de outrem, em detrimento da dignidade da função pública, com restrição de retorno ao serviço público federal”



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here