Fachin decide levar ao plenário pedido da Rede Sustentabilidade para suspender inquérito das fake news.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, decidiu nesta terça-feira (14) levar ao plenário da Corte um pedido de medida liminar do partido Rede Sustentabilidade para suspender o inquérito das fake news.

O inquérito foi instaurado pelo próprio presidente do STF, Dias Toffoli, para apurar ameaças e ofensas disparadas contra integrantes da Corte e seus familiares, mas acabou abalando a imagem do tribunal e levantando críticas dentro e fora do próprio STF.

Ainda não há previsão de quando o pedido da Rede será analisado pelos integrantes do Supremo.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

As investigações são contestadas não só pela Rede, mas também pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que já pediu o arquivamento da apuração e teme que procuradores entrem na mira do inquérito.

O inquérito das “fake news” já levou à censura da revista digital “Crusoé” e do site “O Antagonista”, além da realização de ações de busca e apreensão em endereços de pessoas que usaram as redes sociais para atacar as instituições, informa o jornalista Fausto Macedo.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here