Produtores brasileiros de tabaco defendem que tal medida estimularia o contrabando e prejudicaria a cadeia de produção.

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal debateu em audiência pública, na última quarta-feira (15), o Projeto 769 de 2015, que veda a propaganda de cigarros.

O texto da legislação também proíbe o uso de aditivos que melhoram o gosto e o cheiro destes produtos, além de estabelecer um padrão gráfico para as embalagens.

A proposta ainda pretende tornar infração de trânsito o ato de fumar dentro de veículos com passageiros menores de 18 anos.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

O projeto de lei preocupa produtores de tabaco do Brasil. O setor alega que a proposta estimulará o contrabando e afetará as famílias de fumicultores, gerando prejuízos milionários para o país.

Os autores da legislação, por outro lado, defendem regras mais rígidas para diminuir a exposição da população ao cigarro, principalmente crianças, informa o Canal Rural.

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here