Cidadãos da Venezuela estão sofrendo com a escassez de remédios e equipamentos de saúde há vários anos.

A ditadura da Venezuela está recorrendo, cada vez mais, aos aliados Cuba, China e Rússia para tentar conter o colapso do seu sistema de saúde.

A declaração foi feita nesta quarta-feira (22) pelo ministro da Saúde da Venezuela, Carlos Alvarado, durante participação em Genebra de um encontro da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os venezuelanos estão sofrendo com a escassez de remédios e equipamentos de saúde há vários anos, já que o país mergulhou no caos econômico e no conflito político.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

A oposição culpa a incompetência econômica e a corrupção do movimento de esquerda no poder há duas décadas, mas o ditador Nicolás Maduro diz que as sanções econômicas dos Estados Unidos são a causa.

Segundo a agência EBC, Alvarado afirmou:

“Hoje, certamente, podemos dizer que o maior problema de saúde é o bloqueio criminoso dos Estados Unidos de que somos vítimas. O que estamos fazendo na Venezuela para superar essa situação? Não ficamos de mãos cruzadas. Estamos fortalecendo nossas alianças com países como Cuba, China, Rússia, Turquia, Palestina e Irã.”

Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here